As 5 Regras de Day Trading Que Mais Quebro

Última Atualização a 26/06/2020

Desde há vários meses que tenho vindo a desenvolver a minha estratégia de day trading, com o estabelecimento de regras bem definidas e atualizadas regularmente.

Acontece que os mercados abrem, e se nalgumas negociações cumpro as regras, noutras negociações desvio-me completamente das mesmas, especialmente quando estou a perder.

Neste artigo pretendo descrever as cinco regras de negociação que mais quebros nos mercados, no sentido de ganhar uma maior consciência e reduzir o número de erros.

A primeira regra que mais quebro é fazer demasiadas negociações (overtrading). Em termos gerais existe uma proporção inversa entre o número de negociações e rentabilidade das operações. Tenho um número de negociações bem definido que deverá ser seguido.

A segunda regra que mais quebro é entrar cedo demais numa posição (Fear of Missing Out ou FOMO). Nestes casos aguardo geralmente só por um sinal, quando devia ter a confirmação de pelo menos dois ou mais sinais de entrada.

A terceira regra que mais quebro é não colocar o stop loss imediatamente após a entrada numa posição, aproveitando também o average down para compensar a posição e reduzir o tamanho da perda, esperando que o mercado “dê a volta”. Em determinadas situações, a quebra desta regra leva-me a perder avultadas quantias.  A solução é calcular o stop loss antes da entrada e dar uma ordem de execução logo que entre numa posição.

A quarta regra que mais quebro é não dar espaço para o preço da ação mover-se, especialmente em mercados voláteis. Depois de atingido um determinado lucro, devo mover o stop loss para o break even, e deixar a ação “respirar” para otimizar o melhor rácio possível do risco:recompensa. (Dica: a estimativa deste rácio é realizada com base no price action e na volatibilidade média diária dos últimos dias).

Finalmente a última e quinta regra que mais quebro, é depois de ver que estou a perder numa posição, saio na pior altura possível. Nestes casos, devo otimizar a saída para fechar a posição em break even, ou na pior das hipóteses, com um prejuízo mais reduzido do que sair da posição em medo.

Descrevi aqui as cinco regras que mais quebro quando negoceio em day trading na bolsa de valores. Depois de ler as regras parece que é fácil obedecer, mas o certo é que quando estou com uma posição aberta e a perder, o meu lado racional “desaparece”. Espero com esta consciência melhorar aos poucos e avaliar a entrada e saída das posições com uma maior racionalidade.