Intel (INTC) – Negociações do dia 07/01/2020, Lucro/Prejuízo -1.01%

Screenshot_2020-01-08-INTC-58-93-1-67-Intraday

Dia com um total de quatro negociações em posição longa com o prejuízo de -1.01%. As primeiras duas negociações com o lucro de +0.16% apostando no padrão da reversão com a segunda negociação em average down, e as últimas duas posições com o prejuízo de -1.29% apostando primeiro no pullback e segundo na reversão em average down. Custo-me imenso este dia de prejuízos, em especial porque há contava com 10 dias consecutivos sem perder. Mas cometi erros significativos na entrada das negociações, talvez levada por um excesso de confiança, em especial as más entradas longe das linhas de suporte ou resistência junto dos preços de 59.00 e 60.00. A utilização do gráfico de 1 minuto nos primeiros momentos da bolsa é bastante “romântico” mas acarreta riscos adicionais. Vou atualizar as regras para utilizar unicamente os gráficos de 5 minutos e diário para a negociação intradiária.

Intel (INTC) – Resumo da semana de 30/12/2019 a 03/01/2020, Lucro/Prejuízo +1.48%

resultados-semanais-acumulados-03-01-20

Execução de 11 posições, com um resultado acumulado de +1.48% na semana e de +0.76% com a média das últimas quatro semanas. Rácio de vitórias de 64%.

Resultados diários na semana de 30/12/2019 a 03/01/2020

  • Segunda-feira: 0.00%
  • Terça-feira: +0.45%
  • Quarta-feira: mercado fechado
  • Quinta-feira: +0.29%
  • Sexta-feira: +0.74%

O resultado acumulado em 13 semanas é de +0,76$, a primeira vez que entra em terreno positivo. Se durante a próxima semana obtiver um bom resultado, poderá ser equacionada a entrada com uma conta real em breve.

Intel (INTC) – Negociações do dia 03/01/2020, Lucro/Prejuízo +0.74%

Screenshot_2020-01-05-INTC-60_10-1_2-Intraday

Três negócios, dois em posição longa e um em posição curta com o lucro acumulado de +0.74% no gráfico de cinco minutos. As primeiras duas posições foram negociadas com o padrão first pullback nas retrações de Fibonacci de 0.382 e 0.618 respetivamente, com a segunda posição em average down. De reparar que formou–se o padrão fundo arredondado sinalizando uma potencial reversão. A terceira posição foi negociada com o padrão reversão com o apoio da linha de resistência no preço 60.50.

Average Up e Average Down

Average Up e Average Down são dois termos pouco entendidos por investidores ou traders iniciados, mas importantes à medida que a experiência do trader aumenta.

Muitas vezes, esta é técnica é o que faz a diferença entre a concretização ou não nos objetivos de rendimento, acarretando no entanto um maior risco. Tanto os ganhos como as perdas são maiores considerando a maior exposição de um título. Esta prática é deste modo reservada a traders com mais tempo de mercado.

Average up

Average up é quando compra mais ações de um título em crescimento. Em cada nova compra, o custo das novas ações é mais alto que o preço anterior, fazendo com que o preço de compra médio por ação suba.

Por exemplo, o João comprou 100 ações da Intel (INTC) por $55 na espectativa de que o preço iria subir. Após a sua compra, o preço subiu para $59, e resolveu comprar mais 100 ações na expetativa que o preço iria continuar a subir. Isto fez que com o João tivesse em carteira 200 ações da Intel (INTC) com o preço medio de $57. Se as ações continuarem a subir, o João irá ter um maior retorno em relação à posição inicial. O oposto também verdade. Se as ações caírem, o João irá ter um maior prejuízo.

Average down

Average down é o oposto, em que compra mais ações de um título em declínio. Em cada nova compra, o custo das novas ações é mais baixo que o preço anterior, fazendo com que o preço de compra médio por ação desça.

Por exemplo, o João comprou 100 ações da Intel (INTC) por $55 na espectativa de que o preço iria subir. Contudo, após a sua compra, o preço caio para $51 e comprou mais 100 ações na expetativa que o preço iria reverter. Isto fez que com o João tivesse em carteira 200 ações da Intel (INTC) com o preço medio de $53. Se as ações continuarem a subir, o João irá ter um maior retorno em relação à posição inicial. O oposto também verdade. Se as ações caírem, o João irá ter um maior prejuízo.

Posições curtas

O mesmo raciocínio pode ser utilizado para posições curtas, em que o investidor ou trader aposta na queda de um título.

Retrações de Fibonacci

As retrações de Fibonacci são uteis ao trader para identificar reversões de preço nos gráficos. Estas provêm dos números de Leonardo Fibonacci, e são uma série de números inteiros que quando adicionados os dois números anteriores dão o número seguinte.

1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, … (1+2=3, 2+3=5, …)

As relações entre estes números é que dão origem ao que é conhecido como as retrações de Fibonacci utilizadas na análise técnica de ações.

Os três níveis das retrações de Fibonacci

As ações normalmente recuam uma percentagem do movimento anterior antes de reverterem. Este recuo é o que se entende por retração de Fibonacci e ocorre principalmente a três níveis: 38.2% (0.382), 50% (0.5) e 61.8% (0.618).

O nível de 50% (0.5) não tem exatamente a ver com os números de Fibonacci, mas os traders utilizam também este nível porque existe uma grande tendência do preço reverter metade do movimento que o procede.

Retrações no gráfico intradiário

De seguida são exemplificadas as retrações de Fibonacci no gráfico intradiário de cinco minutos para a ação da Intel (INTC).

Gráfico intradiário da Intel (INTC) num mercado de alta (bullish):

Retrações de Fibonacci num mercado bullish

Gráfico intradiário da Intel (INTC) num mercado de baixa (bearish):

Retrações de Fibonacci num mercado bearish

Retrações no gráfico diário

As retrações de Fibinacci também ocorrem nos gráficos diários, podendo ser utilizadas para apoio na entrada de uma posição intradiária.

Gráfico diário da Intel (INTC) num mercado de alta (bullish):

Suporte e resistência retração Fibonacci diário

 

Fases de mercado

Embora a estratégia de negociação do investidor minimalista incida sobre os gráficos intradiários através do day trading, é importante conhecer o comportamento do título ou mercado num espaço de tempo mais alargado, ou a longo prazo,

As hipóteses de sucesso aumentam se investirmos na direção de longo prazo. Não quer isto dizer que não se possa investir no curto prazo contra a tendência de longo prazo, mas é preciso uma maior atenção e experiência.

Stan Weinstein, no seu livro clássico “Stan Weinstein’s Secrets for Profiting in Bull and Bear Markets”, divide um título em quatro fases, e tendo em conta o período em que se encontra, exemplificado através do gráfico semanal do índice S&P 500.

Screenshot_2019-12-23-SPX-3221-2-0-49-Naked

Fase1: Acumulação

Os preços formam uma base horizontal onde a ação move-se sobretudo lateralmente, não crescendo nem decrescendo.

Fase 2: Crescimento

Os preços rompem a base horizontal e começam a avançar no sentido ascendente por um período de tempo.

Fase 3: Distribuição

Os preços começam a tender horizontalmente e a perder momento no sentido ascendente.

Fase 4: Decrescimento

Os preços rompem a base horizontal e começam a avançar no sentido descendente por um período de tempo.

De notar que a fase 4 de decrescimento é mais rápida e dramática que a fase 2 de crescimento. Isto acontece por que o pânico e medo são emoções mais fortes que a confiança e otimismo, demonstrada pela venda de ações em massa por parte dos investidores.

O Grande Erro de Negociação da Última Sessão

Na última sessão cometi um enorme erro na negociação do título Intel (INTC), que quero referir aqui. Penso que os erros são a melhor escola de um trader, porque andar a repetir os mesmos erros constantemente não é muito produtivo. Para ajudar a eliminar os erros crónicos, desenvolvi as regras a observar na negociação da bolsa, constituindo uma espécie de checklist a observar antes de entrar em qualquer posição.

Passando à análise do erro em questão da última sessão.

Estava a negociar em day trading em ações da INTC. Como habitualmente, e antes da abertura de cada sessão, fiz a análise do pré-mercado da INTC e S&P500.

Análise de pré-mercado do INTC:

Screenshot_2019-12-13-INTC-57-55-0-84-Diary

 

Análise de pré-mercado do S&P500:

Screenshot_2019-12-13-SPX-3168-6-0-86-Diary

 

Como faço negociações de curto-prazo, entrando e saindo de uma posição no mesmo dia (day trading), acabei por não estar tão atento aos gráficos de longo prazo.

Se reparar, tanto nos gráficos diários do INTC e S&P500, havia uma importante linha de suporte que foi quebrada, que causou um grande breakout. Houve confirmação dos dois gráficos, acrescentando ainda o facto do S&P500 ter atingido um máximo histórico.

Agora analisando o gráfico de cinco minutos. A primeira negociação foi curta, prevendo uma reversão, que não aconteceu. Fiz uma segunda negociação de average down após o breakout da linha resistência.

Screenshot_2019-12-13-INTC-57-55-0-84-Diary1

 

Como o mercado tinha estado com pouca volatilidade nas última sessões, estava desatento à possibilidade de um grande movimento, como o que ocorreu. Não coloquei logo um stop loss, no início da posição, e depois fiz o average down completamente fora do contexto. Tive uma perda 1,33% x 2= 2,66% porque estava esposto ao mercado duplamente, contando com o average down.

No final saí bastante cedo da posição, pois o preço de mercado estava já bastante extendido, a 50% da janela diária seguinte de suporte e resistência. Existia uma boa probabilidade de hAver uma reversão, o que de facto acabou por acontecer.

O facto de estar a perder também afetou a psicologia, reduzindo a capacidade de tomar decisões racionais.

O remédio, continuar a praticar e aprender com os erros!

Semana em terreno positivo

Na última semana foram cumpridos todos os objetivos de rentabilidade. A semana de trading foi mais curta, com a bolsa americana fechada no dia de ação de graças de quinta feira, que antecede o Black Friday.

A estratégia de negociar somente um título está a produzir resultados, principalmente a nível educativo, pois ainda estou a praticar numa conta de simulação.

A partir do momento em que o saldo das últimas quatro semanas seja positivo com uma boa margem,  avançarei para uma conta com dinheiro real.

Entretanto foram também criadas novas páginas no site de apoio à estratégia de trading: suporte e resistência, padrões gráficos.