Confissões de um Day Trader #14

A estratégia de day trade continua a evoluir, com a inclusão de tempo gráfico maior na análise e a observação das potenciais zonas de stop loss e alvo.

O tempo gráfico maior, como o de 4 horas, serve para determinar a direção da entrada: comprar, vender ou misto (neste ultimo tanto posso comprar como vender).

A entrada é em função da tendência: alta, baixa ou lateral. Se tiver em dúvida quanto ao tipo de tendência, considero a mesma lateral. Para alguns traders, o uso de médias móveis (por exemplo as 200 MME e 50 MME) também poderão ajudar a visualizar rapidamente qual a direção da tendência.

O gráfico de 5 minutos é onde a ação acontece com o cálculo da entrada, stop e alvo.

Embora possa desenhar nos gráficos vários níveis de stop loss e alvos para um trade (para efeitos de estudo e futuros trabalhos), na prática não faço a gestão do trade após o iníco da operação. O mercado terá de atingir o stop loss ou o alvo para o trade encerrar. Isto evita pensar muito depois de uma posição aberta, deixando o mercado decidir por ele próprio para onde pretende seguir.

Muitos traders movem o stop loss para breakeven logo que obtenham algum lucro, mas na minha observação verifiquei que os market makers estão atentos a esta prática. Muitas vezes, os market makers regressam ao preço breakeven (correndo os stops protetivos) antes de continuarem na direção pretendida.

Deixe um comentário

Confissões de um Day Trader

Subscreva a newsletter e acompanhe de perto os pensamentos e desafios de um day trader profissional.