Entradas Stop no Price Action – Brooks (2009)

Este artigo contém as minhas notas de estudo do livro Ler Gráficos de Preços Barra por Barra de Al Brooks*, estando integrado num resumo geral da obra, capitulo por capitulo.


Um trader de price action procura uma razão para entrar numa posição e a barra que completa o setup é a barra de sinal. A barra que inicia uma posição é a barra de entrada.

Uma das melhores formas de operar com price action é entrar num stop porque está a ser conduzido no trade pelo momento do mercado e portanto está a negociar na direção de pelo menos um tendência minúscula (com o mínimo de um ponto). Por exemplo, se estar a vender a descoberto num urso, poderá colocar uma ordem de venda abaixo da mínima da barra anterior, que se torna na sua barra de sinal depois da ordem ser executada. Uma localização razoável para o stop protetivo é um ponto acima da máxima da barra de sinal. Depois da barra de entrada fechar, mova o stop um ponto acima da barra de entrada.

Quando uma configuração parece fraca, é melhor não iniciar posição e aguardar por outra oportunidade. Se parece fraca, é porque irá certamente falhar não precisando de riscos desnecessários. Frequentemente, uma configuração fraca tem uma segunda entrada, no qual se torna numa configuração forte.

Embora a maioria dos trades devam ser iniciados com stops, quando existe uma tendência forte, pode entrar junto à MME com uma ordem limite. Também pode entrar no gráfico de 1 minuto com stop, funcionando particularmente bem em ações, que tendem a ter um bom comportamento. Isto permite um risco menor com uma maior recompensa, essencialmente sem modificação na percentagem da taxa de sucesso.

Numa Lateralidade Estreita , nunca deverá entrar em qualquer direção até existir uma barra de tendência grande que rompa o padrão em pelo menos de 3 a 4 pontos, devendo aguarde que esta barra falhe. Também pode entrar numa pequena barra perto do topo ou fundo da lateralidade.

Muitos dos Falsos Rompimentos de um ponto ocorrem no primeiro ou segundo minutos de uma barra de entrada de Contra Tendência de 5 minutos. Os rompimentos que ocorrem no minuto final da barra de entrada tendem a ser mais fiáveis, porque o momento aparece no final da barra. A possibilidade de continuar na próxima barra é maior do que se ocorrer quatro minutos antes e retrair.

Quando uma ação está em tendência forte, é melhor no geral, aguardar por uma segunda entrada no gráfico de 1 minuto ou então usar a entrada tradicional de price action no gráfico de 5 minutos (num stop abaixo da barra que testa a MME, no caso de uma tendência urso) porque existe muito pouco a ser ganho por outros métodos que envolvem mais pensamento, e que o fazem distrair do trade.

*Tradução do editor para português do título original do livro Reading Price Charts Bar by Bar.

GRÁTIS! Estratégia de Day Trade

Descubra quatro padrões simples de negociação que poderá usar no gráfico de 5 minutos.