Melhores Trades no Price Action – Brooks (2012)

Os melhores trades/setups apresentados neste artigo são adaptados de Al Brooks (2012).

Os exemplos apresentados são para posições longas ou de compra com as respetivas abreviações. Aplica-se o inverso para posições curtas ou de venda.

Setups na abertura

  • Comprar posição swing em reversão na abertura para uma recompensa mínima de 2x o risco: probabilidade de sucesso de 50% a 60%, primeiro rompimento falhado (RF) na abertura da sessão.
  • Comprar posição scalp em reversão na abertura para uma recompensa mínima igual ao risco (1x o risco): probabilidade de sucesso de 60% a 70%, primeiro rompimento falhado (RF) na abertura da sessão.

Setups gerais

Neste setups, a recompensa é de pelo menos 2x o risco com uma probabilidade de sucesso de 50% a 60%. Os melhores trades foram subdivididos pelo tipo de estrutura de mercado: tendência, lateralidade e reversão.

> Tendência

  • Comprar uma retração de máxima 2 numa tendência de alta (BFD).
  • Comprar uma bandeira de cunha touro numa tendência de alta (RC).
  • Comprar uma retração de rompimento de uma bandeira touro numa tendência de alta (TR).
  • Comprar uma retração de máxima 1 num impulso touro forte numa tendência de alta, mas não depois de um grande clímax de compra (R1B).

> Lateralidade

> Reversão

Traders mais experientes

Os traders mais experientes podem usar ordens limite ou de mercado com os seguintes setups.

  • Comprar num impulso touro forte na mínima ou abaixo da barra anterior, esta entrada requer um stop protetivo maior e uma decisão rápida.
  • Comprar na mínima ou abaixo de uma barra de sinal fraca como uma mínima 1 ou 2 numa possível nova tendência de alta, depois de uma reversão de alta forte ou no fundo de uma lateralidade.
  • Comprar abaixo de uma barra touro que rompe acima de uma bandeira touro, antecipando uma retração de rompimento.
  • Quando num swing numa tendência de alta, comprar num teste de rompimento, que é uma tentativa de corrida aos stops de uma entrada longa anterior.
  • Comprar uma retração numa tendência de alta forte num número de pontos igual ou ligeiramente menor que a média das retrações anteriores.
  • Quando uma tendência urso está a reverter numa tendência touro e precisa de mais uma barra de tendência touro para confirmar a reversão “always-in”, e o rompimento não parece ser forte, vender o fecho da barra de rompimento touro, esperando a barra seguinte falhar e não confirmar a mudança de direção “always-in” com a tendência urso a resumir.

Dicas para traders menos experientes

  • Se for iniciante na bolsa, foque-se apenas em trades com uma recompensa mínima de duas vezes o risco. Com alguma experiência, pode começar a operar trades com uma recompensa mínima do valor do risco.
  • Inicie apenas os trades que pensa que funcionem. Deve assumir bons setups aqueles com probabilidade mínima de sucesso de 60%. Com uma recompensa mínima de duas vezes o risco, isto cria uma equação positiva para o trader.
  • Entrar apenas com ordens stop.
  • Ter sempre um stop protetivo, porque a crença e esperança não o protegerá contra uma premissa falhada.
  • Ter uma ordem limite para o target de modo a evitar a ganância.
  • Compre apenas acima de barras touro e venda abaixo de barras urso.
  • Opere com posições pequenas.
  • Procure três a cinco trades razoáveis por dia. Se estiver em dúvida, fique fora do mercado.
  • Procure estratégias simples. Se alguma coisa não estiver clara, aguarde.
  • As melhores escolhas para os traders iniciantes, são tendências que se desenvolvem a partir da abertura, boas reversões de tendência, e retrações em tendências fortes.

Ler mais:

Melhores Trades no Price Action – Brooks (2009)

Deixe um comentário

Subscreva a Newsletter de PRICEACTION.PT!

Siga e acompanhe a nossa estratégia de investimento. Independência financeira através da disciplina do trade.