Pivot Points no Day Trade

Nasdaq 100 - gráfico 5 minutos - pivot points standard

Os Pivot Points são um indicador muito popular junto de traders e investidores. Este indicador é observado no gráfico através de várias linhas horizontais. Estas linhas funcionam como níveis de suporte e resistência.

O que distingue os Pivot Points dos níveis de suporte e resistência tradicionais são que os primeiros são calculados matematicamente por fórmulas através do período anterrior.

Pivot points diários e semanais

Os Pivot Points diários são calculados com base no dia anterior, os Pivot Points semanais são calculados com base na semana anterior, e assim sucessivamente.

Os Pivot Points mais uteis a day traders são os diários (tempo gráfico menor) para localizar o setup de trade e os semanais (tempo gráfico maior) para uma análise mais abrangente da estrutura de mercado.

Floor Trader Pivots

Existem vários tipos de Pivot Points, mas os mais populares, e os que uso, são os tradicionais ou Floor Trader Pivots desenvolvidos pelos traders de futuros em Chicago nos EUA na década de 60.

O cálculo dos Floor Trader Pivots, ou simplesmente Traders Pivots é realizado a partir de três preços retirados do período anterior: máxima, mínima e fecho.

Cálculo do Pivot Point Base ou Stantard (P)

O Pivot Point Base ou Standard (P) é a média aritmética da máxima (M), mínima (m) e fecho (F) do período anterior.

P = (H + L + C)/3

Cálculo dos Pivot Points de suporte e resistência (S1, R1, S2, R2, S3, R3)

Os restantes Pivot Points correspondem a níveis de suporte e resistência localizados abaixo e acima respetivamente do Pivot Point Base (P).

R1 = (2 x P) – m

S1 = (2 x P) – M

R2 = P + M – m 

S2 = P – M + m

R3 = M + 2 x (P – m)

S3 = m – 2 x (M – P)

Leitura adicional:

Deixe um comentário

Confissões de um Day Trader

Subscreva a newsletter e acompanhe de perto os pensamentos e desafios de um day trader profissional.