Retrações de Fibonacci

Última Atualização a 13/06/2020

As retrações de Fibonacci são uteis ao trader para identificar reversões de preço nos gráficos. Estas provêm dos números de Leonardo Fibonacci, e são uma série de números inteiros que quando adicionados os dois números anteriores dão o número seguinte.

1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, … (1+2=3, 2+3=5, …)

As relações entre estes números é que dão origem ao que é conhecido como as retrações de Fibonacci utilizadas na análise técnica de ações.

Os três níveis das retrações de Fibonacci

As ações normalmente recuam uma percentagem do movimento anterior antes de reverterem. Este recuo é o que se entende por retração de Fibonacci e ocorre principalmente a três níveis: 38.2% (0.382), 50% (0.5) e 61.8% (0.618).

O nível de 50% (0.5) não tem exatamente a ver com os números de Fibonacci, mas os traders utilizam também este nível porque existe uma grande tendência do preço reverter metade do movimento que o procede.

Retrações no gráfico intradiário

De seguida são exemplificadas as retrações de Fibonacci no gráfico intradiário de cinco minutos para a ação da Intel (INTC).

Gráfico intradiário da Intel (INTC) num mercado de alta (bullish):

Retrações de Fibonacci num mercado bullish

Gráfico intradiário da Intel (INTC) num mercado de baixa (bearish):

Retrações de Fibonacci num mercado bearish

Retrações no gráfico diário

As retrações de Fibinacci também ocorrem nos gráficos diários, podendo ser utilizadas para apoio na entrada de uma posição intradiária.

Gráfico diário da Intel (INTC) num mercado de alta (bullish):

Suporte e resistência retração Fibonacci diário