Reversões Menores e Scalps em Dias de Lateralidade no Price Action – Brooks (2009)

Este artigo contém as minhas notas de estudo do livro Ler Gráficos de Preços Barra por Barra de Al Brooks*, estando integrado num resumo geral da obra, capitulo por capitulo.


Quando o dia não é de tendência

Se os swings duram apenas de umas barras a uma hora ou aproximado, e o dia não é de tendência, reverter novas máximas e mínimas swing é uma técnica de scalp efetiva, oferecendo algumas vezes alguns swings razoáveis.

Segundas Entradas e Cunhas como melhores configurações

As melhores configurações destas reversões menores são Segundas Entradas e Cunhas em novos extremos.

Uma questão poderia ser porque negociar scalps quando existem grandes entradas swing, mas a razão é simples. Se existe uma elevada probabilidade de que pode fazer um ponto no Emini e o mercado pode lidar com um enorme volume, poderá fazer o lucro do dia inteiro apenas com scalps de um ponto.

*Tradução do editor para português do título original do livro Reading Price Charts Bar by Bar.

Subscreva a Newsletter de PRICEACTION.PT!

Siga e acompanhe a nossa estratégia de investimento. Independência financeira através da disciplina do trade.