Rompimento de Lateralidade no Price Action – Brooks (2009)

Este artigo contém as minhas notas de estudo do livro Ler Gráficos de Preços Barra por Barra de Al Brooks*, estando integrado num resumo geral da obra, capitulo por capitulo.


Por vezes o mercado forma uma lateralidade cerca das primeiras 3 a 10 barras com 2 ou mais reversões. Se a lateralidade é pequena comparada com a média da variação diária, é provável um rompimento. Um trader pode entrar no rompimento da lateralidade, mas o risco é menor se em vez disso, reverter pequenas barras no topo ou fundo da lateralidade, ou aguardar por um rompimento falhado ou um rompimento com retração, à semelhança do que faria em qualquer lateralidade.

No caso de Arame Farpado abaixo da MME é provável que tenha um rompimento de baixa (bandeira urso). Alguns dias abrem com uma MME plana, grandes barras sobrepostas, e sem configurações fiáveis (sem barras pequenas no topo ou fundo onde poderia ser colocado um trade). Aguarde por um dos lados ser encurralado com uma barra de tendência de rompimento, e depois procure reverter o rompimento.

As segundas entradas costuma ser fiáveis, especialmente em dias de não tendência, e isto por si só é razão suficiente de que um trader precisa para negociar, mesmo com um barra de reversão fraca.

*Tradução do editor para português do título original do livro Reading Price Charts Bar by Bar.

Confissões de um Day Trader

Subscreva a newsletter e acompanhe de perto os pensamentos e desafios de um day trader profissional.