Tendência da Abertura ou da Primeira Barra no Price Action – Brooks (2009)

Este artigo contém as minhas notas de estudo do livro Ler Gráficos de Preços Barra por Barra de Al Brooks*, estando integrado num resumo geral da obra, capitulo por capitulo.


Algumas vezes a primeira barra da sessão forma a máxima ou mínima do dia, com o início de uma tendência deste a primeira barra.

A tendência também pode iniciar da segunda barra (e até mesmo depois de algumas barras laterais) e ainda qualificar-se como uma Tendência da Abertura. Isto geralmente conduz a uma forte tendência, e se perdeu a entrada na abertura, procure entrar na Primeira Retração.

Em dias de tendência forte urso, é sensato ignorar posições longas para se assegurar que apanha as posições curtas.

Uma Mínima 2 falhada num urso usualmente resulta em mais duas pernas de subida. Isto mantém os ursos no limite e força-os a retirar lucros rapidamente. A primeira área onde irão realizar lucros parciais ou totais é acima de uma máxima swing anterior.

Movimentos de contra tendência são geralmente constituídos por duas pernas.

É geralmente melhor aguardar por um rompimento falso quando existem barras laterais e dojis (Arame Farpado).

Nunca deverá comprar um rompimento de Arame Farpado, especialmente abaixo da MME

Um dia de Tendência a partir da abertura pode ser convertido num provável dia de Lateralidade em Tendência de Alta ou Baixa, se houver um Duplo Fundo ou Duplo Topo após a abertura.

*Tradução do editor para português do título original do livro Reading Price Charts Bar by Bar.

Subscreva a Newsletter de PRICEACTION.PT!

Siga e acompanhe a nossa estratégia de investimento. Independência financeira através da disciplina do trade.