Terceira Barra do Dia e o Fecho de 15 Minutos no Price Action – Brooks (2009)

Este artigo contém as minhas notas de estudo do livro Ler Gráficos de Preços Barra por Barra de Al Brooks*, estando integrado num resumo geral da obra, capitulo por capitulo.


Quando se negoceia o gráfico de 5 minutos é fácil não pensar sobre os muitos traders institucionais que estão a seguir o gráfico de 15 minutos. O fecho de 15 minutos corresponde ao fecho da terceira barra de 5 minutos, e, portanto, a atividade à volta da terceira barra irá influenciar a aparência da primeira barra de 15 minutos.

Por exemplo, se as primeiras duas barras do dia se movem numa direção e depois a terceira barra é uma barra mais pequena de pausa, o rompimento da barra irá determinar se existirá um rompimento de 15 minutos ou se existirá uma falha, sendo que o trade do rompimento da terceira barra do dia frequentemente conduz a um grande movimento.

Não coloque um trade na terceira barra por si só na maioria dos dias, mas deverá estar consciente da sua significância adicional. Se existir uma barra importante, haverá usualmente mais price action para suportar o trade, sendo esta informação adicional suficiente para a base da negociação. Isto não é importante podendo ser ignorado pela maioria dos traders.

Uma lógica similar pode ser usada na última barra de 5 minutos dos gráficos de 30 e 60 minutos, mas ao focar-se em tempo gráficos maiores e nas suas entradas pouco frequentes, aumenta a possibilidade de perder um ou mais trades no gráfico de 5 minutos, não valendo a pena no geral.

*Tradução do editor para português do título original do livro Reading Price Charts Bar by Bar.

GRÁTIS! Estratégia de Day Trade

Descubra quatro padrões simples de negociação que poderá usar no gráfico de 5 minutos.